Ethanol Summit Notícias jun 17, 2019

Edição 2019 é a maior realizada até hoje, no espaço da Fecomércio, e conta com área dedicada à inovação agro

A edição de 2019, a maior realizada desde a criação do Summit em 2007, conta com 150 palestrantes e moderadores com diferentes repertórios que compõem 20 painéis, quatro plenárias e duas palestras magna.

Nos dias 17 e 18 de junho, os 1.200 participantes poderão acompanhar debates sobre mobilidade, biocombustíveis, bioeletricidade, políticas públicas, comércio internacional, infraestrutura e açúcar. A Cerimônia de Abertura, que acontece no dia 17 de junho, terá a presença da Ministra da Agricultura, Tereza Cristina, do Ministro de Minas e Energia, Bento Albuquerque, do Ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, do Governador de São Paulo, João Dória, do Presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, do Presidente do BNDES, Joaquim Levy, do presidente da Apex-Brasil, Sergio Ricardo Segovia Barbosa, entre outras autoridades.

“O Ethanol Summit é um marco para o setor sucroenergético. Durante os debates, são discutidos os principais temas e apontados novos caminhos de avanço para esse que é um setor crucial para o Brasil e o mundo”, afirma Evandro Gussi, diretor presidente da UNICA. “Somos o segundo maior produtor de etanol do mundo e o maior exportador de açúcar; temos o potencial de produção de energia elétrica equivalente a quatro Usinas Belo Monte. Tudo isso com alto nível de sustentabilidade e geração de renda. O setor sucroenergético deve ser fonte de orgulho para todos os brasileiros”, complementa.

Mobilidade e RenovaBio são destaque 

O futuro da mobilidade e a Política Nacional de Biocombustíveis, RenovaBio, são temas centrais do Ethanol Summit 2019, em plenárias e painéis que reúnem lideranças do setor público e privado.

Exemplo disso é a plenária “A Mobilidade Sustentável e o Setor Sucroenergético”, que terá apresentações de Ricardo Salles, Ministro do Meio Ambiente, e Luiz Carlos Moraes, presidente da Anfavea, seguidas de debate entre Fabio Feldmann, ambientalista e consultor, Ricardo Bacellar, líder do setor automotivo da KPMG, Fabio Venturelli, CEO do Grupo São Martinho, e Ricardo Bastos, diretor de relações governamentais da Toyota.

No dia 18, os meios de locomoção do futuro também serão o foco do painel “Bioalternativas para a mobilidade”, composto por executivos do setor automotivo e com moderação de Alfred Szwarc, consultor de tecnologia e emissões da UNICA.

Previsto para entrar em vigor no início de 2020, o RenovaBio será tema de apresentação de Joaquim Levy, presidente do BNDES. A plenária “O Futuro com o RenovaBio” também terá debate entre Evandro Gussi, diretor presidente da UNICA, Plínio Nastari, conselheiro do Conselho Nacional de Política Energética (CNPE), Décio Oddone, diretor geral da Agência

Nacional de Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP), e Pedro Mesquita, sócio e diretor de mercado de capitais da XP Investimentos.

O tema da Política Nacional de Biocombustíveis será aprofundado por um painel técnico intitulado “Desafios do RenovaBio: Regulamentação e Funcionamento”, com Febraban, Ministério de Minas e Energia, ANP, entre outras instituições.

Outros aspectos relevantes do setor também serão debatidos, como os avanços do etanol celulósico, bioeletricidade, novas fronteiras globais para o açúcar e etanol etc. O programa completo pode ser acessado em www.ethanolsummit.com.br.

Maiores delegações internacionais até hoje

O Ethanol Summit 2019 recebe a maior delegação representando o etanol de milho dos Estados Unidos até hoje. Está confirmada a presença de Mike Dwyer, economista-chefe do US Grains Council, Ed Hubbard, da Renewable Fuels Association (RFA), e Craig Willis, da Growth Energy. Todos são membros com direito a voto do US Ethanol Export Steering Committee. Desembarcam também por aqui Geoff Cooper, presidente e CEO da RFA, e Juan Diaz, consultor para a América Latina do US Grains Council.

O evento recebe também representantes do setor da Índia, país que é um dos maiores produtores de açúcar do mundo. Cinco executivos da DCM Shriram India, empresa produtora de adoçante, acompanham o evento, incluindo o diretor executivo, Roshan Lal Tamak.

As comitivas estrangeiras integram plenárias enriquecendo discussões sobre temas como o mercado mundial de biocombustíveis e de etanol. “A presença desses executivos reforça a relevância do Ethanol Summit como fórum qualificado de debate e tomada de decisão nas questões que envolvem o mercado nacional e internacional de biocombustíveis. Temos um importante trabalho pela frente no sentido de criar e consolidar um mercado global de etanol”, avalia Gussi.

Hub de Inovação

Esta edição do Ethanol Summit terá um espaço inédito exclusivo para startups focadas no agronegócio e especificamente na indústria da cana-de-açúcar. O Hub de Inovação estará presente em painéis e em uma ampla área de exposição de novas empresas, numa parceria inédita com a Liga Ventures, aceleradora focada em gerar negócios entre startups e grandes corporações.

Executivos de 20 startups terão a oportunidade de fazer “pitches” ao público em quatro painéis, apresentando tecnologias que podem auxiliar a gestão e impulsionar a produtividade. Uma quinta sessão de discussão no primeiro dia mostrará como a inovação está sendo priorizada pelo Governo Federal, com participação do Embaixador do Brasil em Washington, Sérgio Amaral.

Depois dos painéis, os representantes das startups ficarão disponíveis na área de exposição do Hub de Inovação, no andar térreo da Fecomércio, oferecendo aos visitantes a oportunidade de fazer consultas e conhecer melhor as empresas ao longo dos dois dias do evento. As empresas participantes estão sendo definidas pela organização do Ethanol Summit em parceria com a Liga Ventures.

Mais informações: http://ethanolsummit.com.br/
Fotos oficiais: https://www.flickr.com/photos/unicacana/

Notícias Relacionadas