Etanol

A escolha do etanol na bomba – Brasil e Estados Unidos13/03/2013

 

 

Enquanto os consumidores nos Estados Unidos admiram os recursos de um novo aplicativo para computadores e celulares, que permite ao usuário localizar rapidamente postos de combustíveis que oferecem E85 (mistura de 85% de etanol anidro e 15% de gasolina, comercializado nos EUA), os brasileiros, que desfrutam desse poder de escolha na bomba há quatro décadas, em sua maioria ainda não se apropriaram desse biocombustível como fonte renovável e importante para o País. Essa é a visão do consultor de Emissões e Tecnologia da União da Indústria de Cana-de-Açúcar (UNICA), Alfred Szwarc, ao avaliar o “Flex-Fuel Station Locator”, que teve sua mais nova versão lançada recentemente nos EUA.

“Embora o Brasil tenha excelente capacidade de produzir o etanol e grandes chances de aumento do consumo interno, a população pouco considera os ganhos socioambientais desse biocombustível à base de cana no momento da escolha na bomba. Aspectos como a redução de até 90% nas emissões de CO2 na atmosfera quando comparado à gasolina e a geração de empregos, que chega a ser oito vezes superior à da indústria do petróleo, raramente são considerados,” explica Szwarc.

O aplicativo é gratuito e está disponível para iPhones, iPads, iPod Touch e todos os dispositivos Android na App Store ou no Marketplace do Android. A iniciativa é da Associação de Combustíveis Renováveis (RFA), em parceria com a Corn Growers Association Iowa, a Associação dos Produtores de Milho do Iowa, principal estado produtor de milho do país.

Introduzido nos Estados Unidos pela primeira vez em 2011, o Flex-Fuel Station Locator ganhou recentemente novos recursos como: identificar se o veículo é flex, após o usuário inserir o modelo, marca, e ano; mostrar os postos que oferecem E85 e que já estão na rota traçada pelo usuário; disponibilizar informações educacionais, como calibragem dos pneus, condições climáticas e como o motorista deve reagir diante delas; localizar esses postos de abastecimento ao informar o estado, cidade ou código postal; e possibilitar atualização do banco de dados do aplicativo com novos postos ou até mesmo com o fechamento deles.

"Com mais de 11 milhões de veículos flex-fuel nos Estados Unidos, nós queríamos tornar mais fácil, mais rápida e talvez mais divertida e educativa a busca dos motoristas pelo E85" explica Robert White, diretor de Desenvolvimento de Mercado da RFA.

White afirma que os americanos exigem cada vez mais a escolha do combustível na bomba. “Eles querem alternativas ao petróleo, principalmente combustíveis que sejam renováveis e com menor impacto no meio ambiente".

VOLTARVoltar
Atômica Studio